Ferramentas de “Web 2.0” para bibliotecas

Antes do texto em si, uma explicação: é um texto para iniciantes (for dummies) e não diz nada de novo pras pessoas que eu sei que lêem isso daqui. Escrevi pra disciplina de Estudos de comunidades e usuários e eu achei que ficou legal, prum texto meio introdutório e feito em cima da hora. Não entrarei no mérito da denominação “2.0”, isso é pra outro post.

Continue lendo “Ferramentas de “Web 2.0” para bibliotecas”

Primeiras impressões do Ubuntu

Bem, em primeiro lugar, porque diabos eu resolvi instalar Linux [okay, GNU/Linux bla whiskas]?

1º Sabe criança quando não dá atenção pruma coisa, mas quando o outro dá, quer também? Então, um amigo formatou o pc e o outro instalou o Ubuntu. E, como eu já tinha curiosidade, resolvi que queria também.

2º Curiosidade: como já disse, sempre quis usar, pra ver como é e tal.

3º Personalização: eu adoro programas que eu posso deixar como eu quiser, tanto no que se refere ao visual quanto no que se refere às funções. Tipos meu Firefox, que é cheio das tralhas.

4º Comecei a ler o Why Linux is Better? e vi, entre outras coisas, que muitos dos programas que eu uso tem igual ou equivalente (e ainda tem o Wine pra emular e a possibilidade de ter Windows instalado, além do Linux).

5º Queria mais uma coisa nerdzinha pra brincar.

Continue lendo “Primeiras impressões do Ubuntu”