Softwares para bibliotecas: opções livres/gratuitas e critérios para escolha – material da apresentação

Publico aqui o material que apresentei na Semana Acadêmica Integrada da Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia, em 4 de outubro de 2012. Apenas adicionei um slide com link para este post.

Disponibilizo também link para o site oficial e para site de demonstração, quando disponível, de cada software; e alguns links para leituras relacionadas.

Apresentação


[Se a apresentação não abrir no RSS, visite o blog para visualizar.]

Licença Creative Commons

Site oficial e demonstração dos softwares

Software Desenvolvedor Demo
ABCD (Automação de bibliotecas e centros de documentação) BIREME Demo oficial
usuário: abcd
senha: adm
Biblivre Sociedade dos Amigos da Biblioteca Nacional Não possui
Evergreen Georgia Public Library Service (GPLS), Public Information Network for Electronic Services (PINES) e Evergreen Community Demo oficial
Gnuteca Solis Não possui
Koha Koha Community Demo oficial
Demo da CompartirWeb *
OpenBiblio OpenBiblio development team Demo do Softaculous
PHL Elysio Mira Soares de Oliveira Não possui
PMB (PhpMyBibli) PMB Services Demo da CompartirWeb *

* Desenvolvidos pelo bibliotecário Tiago Murakami

Dicas de leitura relacionadas

Artigos de blog, sites e Wikipédia

Categorias de Softwares Livres e Não-Livres

Comparativo entre grupos de licenças, por Claudio F. Filho

Free/Open Source Softwares for Libraries (em Inglês)

Open source commercial software na Wikipédia (em Inglês)

Portal do Software Público Brasileiro

Software livre na Wikipédia

Suíte Saber, versão do ABCD desenvolvida pela Control Informação e Documentação

Livros e artigos científicos

CAFÉ, L.; SANTOS, C.; MACEDO, F. Proposta de um método para escolha de software de automação de bibliotecas. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 30, n. 2, p. 70-79, maio/ago. 2001. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/198/175>. Acesso em: 25 set. 2012.

CORTE, A. R. et al. Automação de bibliotecas e centros de documentação: o processo de avaliação e seleção de softwares. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 28, n. 3, p. 241-256, set./dez. 1999. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/284/251>. Acesso em: 25 set. 2012.

CORTE, A. R. et al. Avaliação de softwares para bibliotecas e arquivos: uma visão do cenário nacional. 2. ed. rev. a ampl. São Paulo: Polis, 2002. 221 p.

GARCIA, M. N.; SANTOS, S. M. B. dos; PEREIRA, R. da S.; ROSSI, G. B. Software livre em relação ao software proprietário: aspectos favoráveis e desfavoráveis percebidos por especialistas. Gestão & Regionalidade, São Caetano do Sul, v. 26, n. 78, set./dez. 2010. Disponível em: <http://seer.uscs.edu.br/index.php/revista_gestao/article/view/1061>. Acesso em: 27 set. 2012.

RAMALHO, L. G. S. O Modelo de dados semiestruturado em bases bibliográficas: do CDS/ISIS ao Apache CouchDB. 2010. Dsiponível em: <http://ramalho.pro.br/papers/tcc/bd-biblio-igx3.pdf>. Acesso em: 25 set. 2012.

14 comentários sobre “Softwares para bibliotecas: opções livres/gratuitas e critérios para escolha – material da apresentação”

  1. Pingback: Softwares para bibliotecas: opções livres/gratuitas e critérios para escolha – convite para apresentação | Blog LFreitas : Biblioteconomia nerd

  2. Olá, Lilly!
    Te encontrei no LinkedIn meio que por acaso, mas como teu perfil me interessou bastante acabei chegando até aqui. 🙂

    Poderia publicar tua postagem no blog da disciplina em que sou monitora?
    Sou graduanda do 3º ano de Biblioteconomia na FURG e faço monitoria da disciplina Análise de softwares para serviços e unidades de informação.
    Neste momento os alunos estão realizando um trabalho sobre tipos de bibliotecas e softwares recomendados para cada uma delas, então acho que o trabalho que apresentasses na Semana Acadêmica, bem como a compilação de informações do teu post, iriam ser de grande ajuda.

    Abraço e até mais!

    1. Oi, Thaísa!

      Podes usar, claro. Todo o material aqui do Blog tá disponível, basta indicar a fonte 🙂

      Depois me passa o link do blog da disciplina para eu dar uma olhada também!

      Abraços.

  3. O link do blog da disciplina é analise-softwares.blogspot.com.
    É bastante simples, organizado pelo prof. da disciplina. Eu apenas dou dicas de matérias… 🙂

  4. Necessitamos de um software, de preferência livre, para implantar uma hemeroteca digital. Atualmente nossa biblioteca usa o Sophia (pago) que não dá suporte pra hemerotecas.
    Se puder me sugerir algum ficaria muito agradecido.

  5. OI pessoal
    estamos organizando nosso acervo de livro do templo Sri Gauravani Gaudiya.
    tentamos instalar o biblivre mas não conseguimos.
    Qual seria o software mais recomendado para nos?
    A ideia é organizar o acervo e disponibilizar alguns livros para empréstimo.
    Futuramente pretendomos também digitalizar nosso conteúdo para disponibilizar na web?
    Grata
    Hare Krsna

    1. Vocês tentaram contato com o suporte do Biblivre?
      Ele é uma boa opção para bibliotecas de pequeno e médio porte…
      Em relação à digitalização, poderia ser usado o DSpace ou algum outro software com características mais de repositório.

  6. Olá Lilly,
    estou buscando algum programa para informatizar minha biblioteca. Hoje esta tudo registrado em um arquivo word… preciso urgente modernizar e facilitar os acessos ao acervo.
    Será que voce poderia me ajudar?
    aguardo seu retorno, muito obrigada
    Lou

  7. Olá, Lilly!
    Muito legal a iniciativa do blog. Bem clean, minimalista… Top!
    Estou organizando uma biblioteca particular que acabou virando tema da minha monografia (ainda não definida, mas algo em torno de: diretrizes para se formar uma biblioteca particular). Vim parar no seu blog procurando por informações sobre softwares para biblitecas particulares. Vi que recomenda artigos e gostaria de perguntar se pode me ajudar de alguma forma indicando: artigos, teses, sites etc. Qualquer informação relacionada que possa me ajudar….? Obrigado <3

    1. Oi, Khalil!
      Obrigada! Eu ainda estou devendo dar mais atenção ao blog e isso inclui fazer um post atualizado deste assunto, vejo que tem bastante interesse ainda.

      Por motivos de trabalho estou um pouco por fora de leituras acadêmicas pra te indicar…

      Considero que pra bibliotecas particulares tem que analisar bem a necessidade do cliente (bom, isso se aplica a tudo, na verdade), principalmente pelo uso que vai ter, se quer disponibilizar na web, se vai ter algum controle de empréstimo, etc.

      Tenho achado que opções com CMS podem ser uma solução boa e flexível, como utilizar Drupal ou WordPress com campos personalizados e trabalhar bem a interface e busca depois.

      Se quiser conversar mais, avisa que te mando um e-mail!

      Abraço,
      Lilly

Deixe uma resposta