Backup de contas do Gmail com Gmvault

Vi na Smashing Newsletter #59, de maio deste ano, a recomendação do Gmvault, que permite fazer cópia e restauração de e-mails do Gmail e achei genial.

O Gmvault, desenvolvido por Guillaume Aubert, tem versão para Linux, Windows e Mac. Inicialmente tentei utilizar a versão Linux no meu Ubuntu 11.04 e não consegui fazer funcionar, então testei na versão Windows, mesmo.

Na descrição ele diz que é “para usuários nerds e não nerds”, mas não é bem verdade, porque é necessário abrir o terminal (prompt do DOS, no Windows) para digitar os comandos. É feio, mas é bem simples.

No primeiro teste que fiz, configurei para fazer backup completo do meu e-mail principal. No primeiro acesso é necessário dar acesso à conta do e-mail e, para isso, ele abre o navegador para fazer login no e-mail e habilitar o aplicativo externo — o que significa que a senha não é digitada no programa, então é mais seguro.

Depois de colocar as credenciais da conta, os e-mails são baixados numa pasta pré-determinada, organizada em subpastas por data (AAAA-MM), sendo que cada e-mail é um arquivo .eml (que abre em Thunderbird, MS Outlook, etc.) compactado.

Neste primeiro teste, com a versão 1.5 beta, deu erro depois de 31468 e-mails, de um total de 58050. Não sei bem o que deu errado, mas os e-mails já baixados permaneceram no computador, então não chegou a ser um problema muito grande.

Depois testei novamente com a versão 1.6 beta, também no Windows, no modo rápido, que faz backup dos últimos dois meses, e deu tudo certo. Foi bem rápido e os e-mails foram salvos direitinho.

Não cheguei a testar a restauração dos e-mails, mas diz que ele restaura também os marcadores. Se eu testar, posto algo aqui no blog.

Achei uma ótima solução para backup e mais rápida que a minha outra alternativa, que seria instalar o Thunderbird e sincronizar (o que demoraria mais, creio).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *